Sou pai de duas meninas e todos os dias me questiono o que posso fazer por elas para que elas tenham um futuro; sejam fortes, independentes e principalmente felizes.

Não irei mudar o mundo, mas posso tentar e principalmente ensinar minhas filhas as ferramentas para que elas possam fazer isso. Aprendi ao longos dos 9 anos de paternidade que a relação entre o pai e sua filha é tão importante ao ponto de ser um dos principais pilares na formação delas como mulheres, fortes, independentes e felizes.

Sem hiprocrisia, dizer que o amor entre um pai e seus filhos nasce no momento que eles nascem: Mentira.

Esse amor é construído ao longo dos anos e é nossa escolha como pais construí-lo ou não.

Me lembro do momento que minha filha mais velha nasceu, meu instinto naquele momento foi primitivo, eu queria apenas protegê-la. O primeiro momento em que surgiu uma conexão emocional foi quando eu fui trocar a fralda dela pela primeira vez.

Naquele momento íntimo, e fedorento, estávamos só os dois e foi a primeira vez que o instinto primitivo de proteção foi tomado por algo maior.

O dois, pai e mãe, são os únicos responsáveis pela educação das suas filhas. E os dois têm papel importante, por isso nós pais não podemos nos esconder, nos deixar intimidar ou ter vergonha de participar ativamente da vida das nossas filhas.

Já sei: você deve ter ouvido que homem não sabe nada de mulher e por isso a educação da sua filha é de responsabilidade da mãe. MENTIRA! É essencial saber aproveitar cada momento juntos, desde do nascimento até a vida adulta. Você não é um provedor, um protetor, você é pai de uma futura mulher.

Essa atitude, não apenas permitirá criar uma relação com momentos inesquecíveis, mas também, proporcionará o modelo que ela terá de homem, companheiro e filhos.

Reuni 8 coisas que vem me ajudado e permitindo criar uma relação incrível com as minhas filhas. O objetivo é ajudá-las no caminho para serem mulheres independentes, fortes e felizes.

1. Ande de mãos dadas

Uma ação simples como pegá-la pela mão pode se transformar em um fator importante da relação que ambos manterão por toda a vida.

Ao sentir a sua mão você passará a sensação de proteção e segurança que, no dia de amanhã, fará com que ela se sinta segura e amparada.

Não importa o que aconteça, ela sabe que poderá contar com você.

2. Esteja disponível para ela

Nossas filhas nos veem como heróis, lembre-se disso. Um dia isso acabará, ela descobrirá que você é cheio de defeitos, mas até lá, permita que ela viva essa fantasia. Seja o super herói dela.

Elas querem a nossa atenção e farão de tudo para conseguir, por isso, esteja disponível para elas. Dedique seu tempo livre, elas se sentirão amadas e respeitadas.

O tempo que você dedicar hoje, no futuro, facilitará a comunicação e a confiança entre vocês.

3. Estimule a autoestima

Estimule a autoestima das suas filhas, não apenas as qualidades físicas, mas todas as conquistas que ela tenha. Lembre-se, não celebre a mediocridade, ela saberá que você está “mentindo”.

Ensine desde pequena que ela é; e pode fazer o que quiser, ser o que quiser. Ajude-a a desenvolver as habilidades de cada sonho, cada fantasia de futuro é importante e significativa para que ela tome a decisão no futuro.

Ela aprenderá com você que ela tem controle sobre o destino dela. Isso ajudará a definir a personalidade, independentemente do que os outros digam.

Corrija os erros, não grite; explique onde ela errou. Aplauda de pé suas conquistas, e principalmente diga todos os dias o quanto você a ama. São hábitos que, sem dúvida, a tornarão uma mulher segura.

4. Provoque novas experiências

Dá trabalho? Claro! Você terá que sair da sua zona de conforto para proporcionar novas experiências para elas. Novas experiências são enriquecedora da formação de todos os seres humanos.

Permitir que elas explorem e desfrutem novas experiências é um grande apoio para que vençam seus medos e se animem a sentir e a viver plenamente.

Ir a praia, montanha, sitio qualquer passeio ou sair em excursões é uma pequena parte das coisas que vocês podem fazer juntos para fortalecer a relação e, ao mesmo tempo, ensinar.

5. Ensine

Tanto as artes quanto os esportes são atividades que ajudam na formação das nossas filhas, não apenas para desenvolver novas habilidades, mas também é uma oportunidade de troca e de ensinar ou aprender juntos.

6. Não tenha medo de corriji-la

Embora às vezes possa parecer difícil (é difícil mesmo), é necessário corrigir os erros que podem ser cometidos desde a infância.

Um pai que ensina sua filha a assumir suas responsabilidades forma uma mulher com valores, capaz de reconhecer quando está errada.

7. Compartilhe seu dia com sua filha

Sempre que for possível, compartilhe um dia de trabalho com sua filha(s) será uma experiência incrível para vocês dois.

Permitir que ela veja de perto sua profissão aumentará sua admiração e será uma fonte de inspiração.

Ela verá o quanto você se esforça, ou desafiante é fazer o que você faz. Ela sentirá orgulho e entenderá o esforço que ela fará.

8. Confie na sua filha(s)

A comunicação e a confiança são os pilares mais importantes na nossa relação com nossas filhas.

Em vez de semear o medo com ameaças sobre o que não pode fazer, é fundamental aproveitar o diálogo para ensinar e ser um confidente.

Uma filha que sente que seu pai é seu amigo procurará não decepcioná-lo e buscará tomará decisões mais sábias e nos procurará para pedir conselhos.

É claro que, além de todos os conselhos mencionados, dar o exemplo e oferecer amor é essencial para formar filhas fortes e prontas para cada experiência da vida.

Quando você menos esperar, sua filha será uma mulher. Não espere amanhã.

Não perca tempo!